Jesus Cristo

perguntas e respostas

 

 

 

 

 

Os pintores europeus constituíram a face de Jesus segundo biotipos

existentes  na Europa. Muito provavelmente esta figura não

 corresponde às suas reais características.  

É válida apenas como símbolo.

 

 

 

 

 

24)  Porque, no caminho de Emaús, seus discípulos demoraram tanto para descobrir que aquele homem com quem viajavam e conversavam era Jesus?

 

O fato: Era domingo. Jesus já havia ressuscitado e aparecido para as mulheres nesta mesma manhã. Mas ninguém acreditou nelas, nem quando viram o túmulo aberto e sem o corpo. Dois discípulos do Mestre voltavam para suas casas em Emaús desiludidos com a morte na cruz Daquele que eles acreditavam que seria o libertador do país. Caminhavam e conversavam sobre suas desilusões. Num determinado trecho da estrada um homem se junta a eles e pergunta sobre a conversa. Eles não reconhecem Jesus e contam-Lhe os acontecimentos. E Jesus responde: “Como vocês custam para entender...”. Então Ele explica didaticamente tudo o que estava acontecendo; a morte, ressurreição, profecias, etc. Os dois escutam admirados, mas não reconhecem o Mestre. Note bem: eles são seus discípulos e não O reconhecem. Caminham quilômetros juntos (Jesus havia tido seus pés dilacerados na crucificação). Ao chegarem em Emaús convidam o homem para entrar. Eles vão jantar. Somente quando Jesus divide o pão é que eles se apercebem de que é o Mestre. Ele, então, desaparece de suas vistas.

O “corpo espiritual”: Neste relato encontramos algumas características do corpo de Jesus após a ressurreição. Não era um corpo normal como o que tinha antes da morte. Este corpo, que ficou conhecido como “Corpo Espiritual”, possui características físicas especiais:

a) Seu rosto muitas vezes possuía traços diferentes. Várias vezes as pessoas O reconheciam pela voz, gesto ou quando Ele “aparentemente” tomava uma feição mais próxima ao Seu corpo em "vida".

b) Ele podia aparecer e desaparecer imediatamente.

c) Podia entrar em lugares onde a porta estava fechada.

d) Ele mostrou à Tomé os furos dos pregos em seu corpo, mas mesmo assim caminhava quilômetros normalmente.

e) A fim de provar que tinha um corpo, comeu e bebeu com os discípulos e permitiu que eles O tocassem.

f) Este corpo espiritual obedecia a Sua vontade. Ele desapareceu da vista dos discípulos em Emaús  no momento que considerou adequado.

Aleksandr Mien diz a respeito deste tema: “A expressão de Paulo “corpo espiritual” é de fundamental importância para compreender o mistério da Páscoa. Ela quer dizer que ... aconteceu uma vitória do Espírito ...: a carne não foi aniquilada; ela adquiriu uma nova forma, mais elevada, de existência. A pedra da cripta só foi removida para que os apóstolos pudessem ver que o sepulcro estava vazio, que Jesus Cristo agora não conhecia mais limites e barreiras. Atravessando a agonia da morte, ele adquiriu, de modo para nós incompreensível, uma corporalidade espiritual. Paulo fala dela como um grau superior do ser, destinado a todos os homens ...” (Jesus, Mestre de Nazaré pág. 292)  

 

Qual é o mistério deste corpo espiritual? Allan Kardec acredita que ele seja a manifestação do perispírito. Quando morremos, o espírito continua vivo. E continua acompanhado de uma parte material, composta de fluídos mais sutis, que é o perispírito. Jesus, um espírito altamente evoluído, teria a condição de manipular a matéria  de tal forma que Seu perispírito se tornaria visível. (Quem se interessar mais pelo tema pode estudar no Livro dos Médiuns, caps  1 a 8)

Este aparecimento de Jesus após a morte foi uma das partes mais importantes de Sua vida. Pois foi neste momento que Seus discípulos entenderam a realidade do mundo espiritual, as conseqüências morais dos Seus ensinamentos e que a vida continua no além morte. Com estes conhecimentos, eles finalmente puderam entender os ensinamentos do Mestre.

Jesus foi uma criatura muito especial, é por isto que aconteceram coisas especiais com Ele. Se Ele conseguiu realizar tantas proezas quando vivo, muito mais coisas Ele poderia realizar como um espírito livre das amarras do corpo. É por isto que acreditamos que Ele seja o espírito mais perfeito que já habitou nosso planeta.

A conclusão: O corpo espiritual de Jesus possuía algumas características diversas de um corpo normal. O que algumas vezes dificultava sua identificação.

A visualização do corpo e sua consistência física dependia da vontade de Jesus que conseguia controlar a matéria sutil. É por isto que o mesmo pôde simplesmente desaparecer quando assim desejou.

Temos muito ainda o que aprender sobre estes fenômenos que acompanharam a vida do Mestre. Porém, eles são de importância central no entendimento de Sua mensagem. Jesus ensinou praticando e mostrando O Caminho.

 

Acrescente este site aos seus favoritos

e nos encontre sempre que desejar.

 

 

 

Índice perguntas

 pergunta anterior 

 próxima pergunta

 

ConsultasCaminho Nobre / Jesus Cristo / Psicologia Racional / Campanha

Hipnose / Análise dos Sonhos  / Terapia de Vidas Passadas

Terapia de Regressão / Blog Nascer Várias Vezes

 

 

 

 

Compartilhe |

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O conteúdo escrito, produzido pelo autor do site, está registrado

 junto ao Escritório de Direitos Autorais da Fundação Biblioteca Nacional.

Copyright © 2000 -2012 by Regis Soffiati Mesquita de Oliveira